I'm gonna show you the most crazier way that you can love, the most shameless way, the sweetest way, the funniest. I'm gonna make you crazy with my kisses, I'm gonna falter with your bites. But together, we'll be invencible. Anyway, anywhere. Are you in?
+
“Querido,
Eu admito, eu sou simplesmente uma estúpida. Vivo me envolvendo com tudo o que sei que vai me machucar, e o final é sempre aquele simples clichê. Tola eu fui de mal interpretar aqueles olhares - fui tola, mas não fui a única - e pensar que dentre as suas intenções, me ter era uma delas. Você era convidativo, possuía tudo aquilo que me atraía, sabia como usar as palavras - e oh, como eu amo aqueles que sabem usá-las. Seu jogo de atração funcionou comigo e no instante em que meus olhos se cruzaram com os seus, aquele sentimento repugnante que eu tento evitar, apossou-se de mim. Imagino eu, a inexperiente, porém tão vivida menina, que tu já tenhas entrado em jogos assim inúmeras vezes, pois a maneira com que ganhaste - meu coração - fora simples, porém suicida. Assim que notei que tu já não olhavas mais pra mim como antes, eu percebi. Estava perdida. Simplesmente perdida naquela profundidade de olhos escuros, que assemelhavam-se a um pântano, e que ao mesmo tempo, prendia-me como labirinto. Então percebi que jamais deveria ter entrado em um jogo tão perigoso, que colocaria tanta coisa à mercê. Você me ganhou, e eu gostaria que você usufruísse disto de alguma maneira, mas acho que o prêmio simplesmente perde a graça depois que é conquistado. Sei que eu refiro a mim mesma como se fosse um objeto, mas é assim que me sinto. Completamente vulnerável aos seus olhares, a seu toque e às suas palavras. Você pode pegar-me com a mão que quiser e colocar-me na prateleira que preferir. Mas basta encontrar-te em meus sonhos, e tudo parece fazer sentido novamente. Como se meu único propósito de existir fosse ser apenas esse: perder-me em você. Acho que nunca fui tão perdida e tão achada. Como pode? Como pode um sentimento tão ambíguo apoderar-se tão poderosamente de mim? Admito que minha força sentimental - contrária à física - nunca fora exatamente eficaz. Talvez seja apenas o que acontece quando se resolve uma fração e se descobre que ela é vazia. Acontece que eu mal te conheci, não precisei. Era como se cada peça se encaixasse e como se instantaneamente, tudo fizesse sentido. E eu nunca achei que em minha vida faltasse algum sentido - até que encontrei você. Aliás, devo admitir-lhe que foi você quem me encontrou. Talvez a maneira brusca com a qual paraste de olhar pra mim seja apenas mais uma parte do jogo. Agora estou lutando. Eu não sei o que quero - aliás, sei muito bem que o que eu quero é você -, mas talvez eu só queira a parte de mim que tu levaste consigo de volta. Devolve. Devolve o que me é de direito, me deixa ser feliz.
Com amor,
Eu, a sua “ela”.”
~ Isabela Castilho.

Quantos anos são necessários para esquecer um instante?


“Se você ama alguém, ame de verdade. Não se importe com a cor dos olhos ou da pele, o tamanho, cabelo ou sua cor, sua religião ou seus costumes. Ame pelo seu caráter, pelo o que realmente é.”
~ Hayley Williams.    (via decifro)

THEME